A ALCOESTE HISTORICO PRODUTOS PRODUCAO DE  ETANOL SUSTENTABILIDADE PERGUNTAS FREQUENTES VENHA PARA A ALCOESTE NOTÍCIAS CONTATO
 
 

Histórico
A família Arakaki

Em 1926, a família de Koei Arakaki, preocupada com sua idade um pouco avançada para um solteiro (23 anos), e seguindo uma tradição e costume da cultura japonesa da época, casou-se por procuração com Nahi Shimabukuro Arakaki, que ainda estava no Japão, sem a conhecer pessoalmente, somente através de fotos trocadas pelas famílias dos noivos.

Eles se “apaixonaram pela primeira foto”. Nahi pertencia a uma família amiga da família Arakaki e então passou a morar na casa da sogra, no Japão. Seis meses depois, tempo necessário para acertar os papéis para a imigração, chegou ao Brasil no navio Santos Maru, juntamente com um irmão caçula de Koei, o jovem Koshin.

Finalmente, Koei e Nahi se conheceram pessoalmente ainda embarcada no navio, pois Koei Arakaki, que estava ansioso, foi levar roupas e sapatos ocidentais novos, comprados por ele para substituir o kimono e tamanco japonês, as únicas coisas que trazia com ela.

Esse momento especial foi marcado pelo início de um grande e verdadeiro amor. Apaixonados, viveram um casamento de cumplicidade e companheirismo. Neste mesmo dia, Koei e seus amigos prepararam uma festa de casamento, que foi oficializado dias depois no consulado.

O casal teve sete filhos, sendo quatro homens e três mulheres: Koyo (Pedro), Kosuke (Luis), Iokiko (Maria Helena), Riromassa (José), Tomiko, Hiromitsu e Sumiko.

 
 
     
 Voltar  Topo  Imprimir
 
   
   
              Desenvolvimento: AgênciaOC